opinions about the project #1

opinions

01 | anonymous | “It’s creative.”

02 | anonymous | “It’s pretty cool, always nice to hear what people have to say.”

03 | anonymous | “Your work is totally new and give a new contribution also. You should record my voice also. I have a lot of experience here. Love Portugal so much.”

04 | anonymous | “Something conceptually strong. Artistic and very promising work.”

05 | anonymous | “Parabéns pela iniciativa, achei-a muito criativa.”

06 | anonymous | “Denota-se a sincronização entre o passado, o presente e o futuro. Também existe a surpresa física de ter lá alguma coisa a reproduzir.”

07 | anonymous | “Parece-me muito interessante. Estás a pensar intervir em mais espaços? Se precisares de ajuda para trazer o teu projecto cá abaixo apita.”

08 | anonymous | “É uma espécie de partilha temporal nas ‘dimensões’ (passado, presente e futuro), a parte criativa está no objecto utilizado como regulador dessas partilhas. Também me parece que o objecto físico (banco) desperta a curiosidade no receptor e interliga-se perfeitamente com as pessoas, e as suas passagens da vida, momentos, ou até outras perspectivas futuras. Para além de que para os mais curiosos e despertos pela arte, promove novas ideias, e possivelmente para alguns fornece a entrada numa espécie de ‘filosofia’ interna e própria das suas vidas.

A ideia do banco enquanto ser virtual é perfeitamente conseguida. Além disso o teu projecto permitiu que reflectisse sobre outras formas de arte, com igual valor e força de expansão na actualidade. Para mim que não penso diariamente neste tipo de trabalhos digamos que foi inspirador…

Também me fez lembrar da necessidade que o ser humano tem em organizar a informação e criar uma estrutura própria.”

 

future event with theimpermanenceproject character #1 video

experiences

This event was done to collect some sharings from the future on June 23rd. It happened in the urban woods in Guimarães (Portugal) and it started at 3h30pm and ended at 5h30pm.

Although this event was about the future, by this video it seems it already belongs to the past. Where are the boundaries between times? Do they actually exist?

Acknowledgments: anonymous contributor #1